domingo, 24 de março de 2013

Arrepia, ZAGUEIRO!



Limpa a área. Sai jogando. É o anjo da guarda da defesa. Não pode ser muito sentimental. Tem que ser sutil e elegante. Ter sangue frio. Acreditar em si. Ser leal. Tem que ser malandro. Quando tiver perigo com a bola no chão, pensar rápido e rasteiro. Tem que ser ciumento. Ganhar todas as divididas. E não deixar sobras para ninguém. Tem que ser o rei e o dono da área... Nessa guerra maravilhosa de 90 minutos. De 90 minutos. Arrepia, zagueiro!
Com a essa sensacional canção de Jorge Ben, aqui vai minha homenagem aos ZAGUEIROS...

Nenhum comentário:

Postar um comentário