quarta-feira, 21 de abril de 2010

Mundo comum, mundo normal, mundo ordinário...

Até bem pouco tempo, traçava meus planos de forma minuciosa. Os projetos eram audaciosos e os sonhos deveriam, em tese, ser alcaçados de forma veloz. A visão do futuro, porém, seguia o trivial, o comum, o vulgar, o ordinário...
O tempo vai passando, vamos aprendendo, errando, acertando, vivendo... E, ao longo desse caminho, o pensamento também se transforma. Aquela visão do futuro, de certa maneira paradoxal, eis que preconizada por adultos que não passam de meras crianças, não poderia, sequer, ser considerada medíocre. Infelizmente, tal conclusão deriva de uma máxima da experiência: só aprendemos certas coisas na vida quando perdemos, quando sofremos, quando levamos um golpe. Um cruzado, um gancho, um direto! O modo pelo qual recebemos a pancada não faz a menor diferença. O fato é que amprendemos muito diante das dificuldades. Muito! E eu sou a prova viva, robusta! Ainda que de forma lenta, estou evoluindo e descobrindo um pouco sobre as coisas que realmente importam nessa aventura que denominamos de vida. Sair da rotina, do comum, do trivial, do ordinário e do vulgar não tem sido fácil. Mas quem disse que seria? Esse é o desafio! Essa é a graça da VIDA!






Came in from a rainy Thursday
on the avenue
Thought I heard you talking softly

I turned on the lights, the TV
and the radio
Still I can't escape the ghost of you

What has happened to it all?
Crazy, some say
Where is the life that I recognize?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Passion or coincidence
once prompted you to say
"Pride will tear us both apart"
Well now pride's gone out the window
cross the rooftops
run away
Left me in the vacuum of my heart

What is happening to me?
Crazy, some say
Where is my friend when I need you most?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Papers in the roadside
tell of suffering and greed
Here today, forgot tomorrow
Ooh, here besides the news
of holy war and holy need
Ours is just a little sorrowed talk

And I don't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Every one
is my world, I will learn to survive
Any one
is my world, I will learn to survive
Any one
is my world
Every one
is my world...

23 comentários:

  1. o blog tá demais,
    eu adorei a muuusica *-* vou baixar -q



    Passa lá no meu ?
    http://blogin-comum.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Legal o blog. :D gostei da musica tambem :D

    passa no meu? :D
    www.colourful.outtamind.com

    ResponderExcluir
  3. gostei da musica (:
    se qiser um template melhor aki tem bastante:
    www.btemplates.com


    visite meu blog:
    http://bagaios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que post bonito, adorei de verdade! E se depender de mim estarei aqui a cada atualização , haha! Estou te seguindo, ok? Muito obrigada pelos elogios.

    ResponderExcluir
  5. aaadoreii demaiss
    no meu caso tenho poderes em minhas mãos!!

    ResponderExcluir
  6. Ninu tu me lebras Bandeira quando disse: Só é realmente vivo o que já sofreu. pois bem te digo mais prefiro nossos sonhos de crianças, são os mais fantásticos e os mais puros. lindo teu blog te seguindo quando quiseres passa no http://tallesazigon.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Duran Duran, Eduardo?! Você deve ser da minha época - adoro! =P

    Você me fez lembrar de uma outra música, de uma outra banda que talvez também faça parte do seu mp3

    "An extraordinary guy can never have an ordinary day..." (Oasis) (Um cara extraordinário não pode nunca ter um dia comum)

    Vai ver é por isso que a gente sai da cama de manhã, não é mesmo?! Para viver, da forma mais incomum - porque só assim vale, porque só assim somos maiores do que nós mesmos.

    Bjo! =*

    ResponderExcluir
  8. Realmente só aprendemos depois de passar por uma dificuldade..!!! Um tombo pra acordar rs!

    ResponderExcluir
  9. Me identifiquei muito com seu texto!
    Pois é, essa é a graça da vida.. e todos passaramos por essas coisas!

    ResponderExcluir
  10. Concordo contigo que a graça da Vida é passar por dificuldades. Como seria chato se tudo fosse colorido, sem problemas. Acredito que todos nós crescemos diantes dos percalços da vida, e quando percebemos a vitória é algo recompensador.

    retribuindo visita e comentário.

    http://blog-do-faibis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Imagina tudo perfeito e sem problemas!
    estariamos aqui p que então?!

    ResponderExcluir
  12. http://imaginarium777.blogspot.com/2010/04/eu-so-queria-saber-o-que-eu-fiz-preste.html

    ResponderExcluir
  13. 'visão do futuro paradoxal', parabéns escreve muito bem, simples e direto, você deixa clara as suas ideias sem que percam a beleza da escrita, é algo complexo e fácil de entender :P

    ResponderExcluir
  14. Vivendo e aprendendo......errando e se fudendo

    ResponderExcluir
  15. ja tinha visto esse blog, eh legal! :D
    Soh q como eu ja tinha visto, então nao tem mto oq comentar hudshfuasdhfuhasdf

    ResponderExcluir
  16. Gostei do texto, mesmo.
    Realmente é difícil fugir da rotina, fugir do comum... Mas faz parte da vida assim como tentar fugir delas, estar nelas.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  17. esse golpe q levamos na vida,talvez se compare aquele equipamento usado pra reanimar pessoas q tenham sofrido parada cardiaca("desfebrilador").
    acredito q é a vida nus dando um daqles choques
    e permitindo q começemos novamente.
    o blog tá bem legal
    visita lá o meu
    http://cenaplanosequencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Adorei o post....
    obrigada pelo comentário no meu blog, eu realmente li o "Mundo de Sofia", mas meu amor pela filosofia já é velho..rs!
    e com relação aos gibis... eu particularmente adoro... beijos

    ResponderExcluir
  19. Um poeta disse que, até bem pouco tempo atrás, poderíamos mudar o mundo...
    E deveríamos ainda poder! Contudo, nada é simples como aparenta ser...

    ResponderExcluir
  20. Nossa,texto excelente...tudo isso é verdade mesmo,você já assistiu aquele filme "Eternal Sunshine Of The Spotless Mind"(em portugues Brilho eterno de uma mente sem lembranças)?Charlie Kaufman e Michel Gondry criaram uma história com o enredo fascinante(além da trilha sonora ser incrível) trabalhando com o fato de se podessemos apagar algo da nossa memória,como pessoas indesejáveis ou fatos...será que valeria a pena?Porque é errando que se aprende a viver...Valeu por me seguir,to te seguindo tambem (:

    ResponderExcluir
  21. o blog tá demais,
    eu adorei a muuusica *-

    vou ate baixar ..rsrrs


    Tô seguindo !!

    ResponderExcluir