quarta-feira, 21 de abril de 2010

Mundo comum, mundo normal, mundo ordinário...

Até bem pouco tempo, traçava meus planos de forma minuciosa. Os projetos eram audaciosos e os sonhos deveriam, em tese, ser alcaçados de forma veloz. A visão do futuro, porém, seguia o trivial, o comum, o vulgar, o ordinário...
O tempo vai passando, vamos aprendendo, errando, acertando, vivendo... E, ao longo desse caminho, o pensamento também se transforma. Aquela visão do futuro, de certa maneira paradoxal, eis que preconizada por adultos que não passam de meras crianças, não poderia, sequer, ser considerada medíocre. Infelizmente, tal conclusão deriva de uma máxima da experiência: só aprendemos certas coisas na vida quando perdemos, quando sofremos, quando levamos um golpe. Um cruzado, um gancho, um direto! O modo pelo qual recebemos a pancada não faz a menor diferença. O fato é que amprendemos muito diante das dificuldades. Muito! E eu sou a prova viva, robusta! Ainda que de forma lenta, estou evoluindo e descobrindo um pouco sobre as coisas que realmente importam nessa aventura que denominamos de vida. Sair da rotina, do comum, do trivial, do ordinário e do vulgar não tem sido fácil. Mas quem disse que seria? Esse é o desafio! Essa é a graça da VIDA!






Came in from a rainy Thursday
on the avenue
Thought I heard you talking softly

I turned on the lights, the TV
and the radio
Still I can't escape the ghost of you

What has happened to it all?
Crazy, some say
Where is the life that I recognize?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Passion or coincidence
once prompted you to say
"Pride will tear us both apart"
Well now pride's gone out the window
cross the rooftops
run away
Left me in the vacuum of my heart

What is happening to me?
Crazy, some say
Where is my friend when I need you most?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Papers in the roadside
tell of suffering and greed
Here today, forgot tomorrow
Ooh, here besides the news
of holy war and holy need
Ours is just a little sorrowed talk

And I don't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
to the ordinary world
I will learn to survive

Every one
is my world, I will learn to survive
Any one
is my world, I will learn to survive
Any one
is my world
Every one
is my world...